Não é papel do presidente do Congresso botar fogo na crise, diz Renan

0803f2

Ao chegar ao Senado, nesta terça-feira (08), o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), defendeu que o presidente do Congresso Nacional deve agir com equilíbrio diante da atual crise enfrentada pelo país.

“Não é papel do presidente do Congresso Nacional botar fogo na crise. O papel do presidente do Congresso Nacional é mais do que nunca trabalhar pela serenidade, pelo bom senso, pelo equilíbrio. Nós tivemos, aqui no Senado Federal em 64, um presidente que passou do limite do equilíbrio e fraturou a democracia, portanto não cabe a mim botar fogo na crise”, pontuou Renan.

Quanto à Convenção do PMDB, marcada para sábado em Brasília, o presidente do Senado disse que a expectativa é para que o partido encontre a unidade.

“A Convenção do PMDB é uma convenção que, politicamente, o que se recomenda é que o PMDB aproxime suas correntes. Eu tenho defendido que é necessária a unidade do PMDB, nós precisamos aproximar as correntes do partido e quanto mais representativa for a executiva melhor. É uma demonstração salutar de que está compreendendo as circunstâncias do país”, defendeu Renan.

CPI do Carf

Questionado sobre possíveis divergências entre a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Carf que a Câmara dos deputados instala hoje e a CPI do Senado que encerrou os trabalhos em dezembro, Renan voltou a pedir que prevaleça o bom senso e equilíbrio.

“A sociedade está sendo bombardeada por informações, por boatos, por disse-me-disse, e cabe ao presidente do Congresso Nacional preservar o equilíbrio e, como disse o presidente Michel Temer, a harmonia entre os poderes” argumentou Renan.

No Senado, a CPI que investigou o Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) pediu o indiciamento de 28 pessoas, por crimes como sonegação fiscal e corrupção ativa e recomendou o aperfeiçoamento da legislação tributária como forma de combater à sonegação fiscal e à corrupção no país.

Agenda Expressa

A expectativa do presidente do Senado é anunciar hoje a agenda expressa, conjunto de matérias que terão prioridade de votação neste ano e que foi discutida com todas as bancadas partidárias nas últimas semanas. Antes do anúncio em plenário, Renan Calheiros disse que vai reunir os líderes para homologar as prioridades do Congresso Nacional.

“Nós hoje temos medidas provisórias trancando a pauta, na sequência, nós vamos votar a Lei de Responsabilidade das Estatais e, a partir daí, nós vamos anunciar uma agenda com aquilo que os partidos, as bancadas, entenderam como prioridade”, informou Renan.

Compartilhe este artigo

Artigos relacionados

CPI da pandemia avança apurando condutas do MS

Da Redação A primeira semana de oitivas da CPI...

Assine o Boletim Eletrônico

Assinando, você receberá em seu e-mail notícias e artigos atualizados do site.

A página eletrônica do Senador Renan Calheiros é um espaço para divulgar ideias, posicionamentos e opiniões do parlamentar alagoano. O endereço eletrônico www.renancalheiros.com.br é atualizado pela assessoria de imprensa e agrega artigos, discursos, notícias, projetos, além de dados biográficos da carreira política do senador.

Contato

Senador Renan Calheiros
E-mail: [email protected]
Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Anexo I Ed. Principal 15º andar
BrasíliaDF - CEP 70.165-920
(61) 3303-2261 / (61) 3303-2263