ADEUS A NOÉ SIMPLÍCIO

 Fotógrafo: Jonas Pereira - Agência SenadoO SR. RENAN CALHEIROS (PMDB – AL. Pela Liderança. Sem revisão do orador.) – Sr. Presidente, tive que, lamentavelmente, fazer uma inversão na intervenção que fiz, cedendo o tempo que exerceria em nome da Liderança do PMDB, e acabei, Sr. Presidente, deixando de fazer um registro e agradeço muito a oportunidade que V. Exª me dá para fazê-lo agora.
Já afirmei, aqui mesmo desta tribuna, que homenagear um amigo ausente é uma das mais dolorosas atribuições da vida pública.

Nada é tão pesado e triste quanto dizer adeus a um fraternal amigo, especialmente quando conhecemos de perto o seu caráter, a sua reputação e a sua importância para o nosso Estado, o Estado das Alagoas.
Faleceu, Sr. Presidente,
Noé Simplício do Nascimento, natural do Município alagoano de Água Branca. Foi Deputado Estadual, Senador, Secretário de Estado, empresário de grande destaque e Presidente da Associação Comercial de Alagoas.
Em todas as atividades que exerceu, contribuiu verdadeiramente para o desenvolvimento de Alagoas, e a ele, Sr. Presidente, devemos muito. Sua trajetória de vida é um exemplo, sem dúvida, para as próximas gerações.
O espírito empreendedor de Noé Simplício foi responsável, entre tantos feitos, pela ampliação e fortalecimento do comércio da cidade de Palmeira dos Índios e fundação do Hospital Regional Santa Rita de Cássia, na mesma cidade, do qual, Sr. Presidente, Noé também foi provedor.
Lembro-me muito bem de uma visita que fiz, em setembro do ano passado, na companhia do Prefeito James Ribeiro, de Palmeira dos Índios, ao Hospital Santa Rita de Cássia, naquela cidade. Trata-se de um hospital, Sr. Presidente, repito, de uma instituição muito importante, uma instituição muito respeitada, a que sempre ajudei, e disso também tenho muito orgulho.
Ali estava Noé Simplício, junto a dirigentes e funcionários. Mesmo com a saúde debilitada, fez questão de comparecer, fez questão de acompanhar aquela visita que fizemos ao Hospital Santa Rita de Cássia.
Esse fato, Sr. Presidente, nos marcou muito, nos honrou muito,
e jamais me esquecerei da força e do estímulo que a sua presença, naquela oportunidade, me transmitiu.
A Desembargadora Elizabeth Carvalho, sua irmã, presidiu até recentemente, com todos os méritos, o Tribunal de Justiça de Alagoas. Ela, a Desembargadora Elizabeth, foi a primeira mulher a comandar o Poder Judiciário de Alagoas e a assumir, como consequência, o Governo do Estado em determinada oportunidade.
Seus irmãos Enéas e Maria José administraram a cidade de Palmeira dos Índios e contribuíram para o desenvolvimento daquele importante Município. Isaac Nascimento, médico, seu irmão, foi Deputados Estadual.
De origem humilde, Noé Simplício costumava dizer que aprendera a estender a mão aos necessitados, pois, nos momentos de dificuldade, quando precisou de uma mão amiga estendida, ele a encontrou. O traço distintivo de sua personalidade era, sem dúvida, a solidariedade.
Ao ser agraciado com a Comenda Moura Castro pelo Tribunal de Justiça de Alagoas em 2008, encerrou o seu discurso de agradecimento lembrando que, independentemente das funções que exercemos na vida, sempre ajudaremos ao próximo se cada um de nós for um vendedor de sonhos. Foi também, Sr. Presidente, essa sua intervenção, quando recebeu a Comenda Moura Castro, no Tribunal de Justiça de Alagoas, uma clara convocação à solidariedade.
Noé Simplício era empresário e político de grande sensibilidade social e destinou boa parte dos seus 87 anos trabalhando por melhores dias para a população de Alagoas. Olhando para o futuro e vendo que resta tanto ainda por fazer pelo progresso social e pelo desenvolvimento de Alagoas, a dimensão de sua ausência ganha os contornos que realmente tem: Noé Simplício é insubstituível!
Expresso daqui, do Senado Federal, o meu reconhecimento pelo bem que ele fez ao nosso Estado e pelas maciças lições de vida que nos legou; lições de sabedoria, de fraternidade, de lealdade e de dignidade.
Alagoas, Sr. Presidente, perde uma grande figura humana, e sua família sentirá falta do pai dedicado, do irmão solidário, do marido zeloso, do avô carinhoso.
De minha parte, despeço-me com muita saudade de um amigo que sempre admirei, tendo o destino me concedido o grato privilégio de sua simpatia, de sua amizade e de sua sabedoria.
Temos o dever de preservar e honrar o seu exemplo de vida, o seu exemplo de caráter e de solidariedade como forma de compensar essa dolorosa perda.
Por isso, peço nesta tarde, em nome do povo de Alagoas, que o
Senado Federal aprove um voto de pesar em homenagem ao notável homem público, merecedor do nosso respeito, que foi Noé Simplício do Nascimento.
Muito obrigado, Sr. Presidente.

Compartilhe este artigo

Artigos relacionados

Senador entrega retroescavadeiras para municípios alagoanos

Tive a alegria de entregar nesta segunda-feira (19), duas...

O inacreditável acontece

Quando ficou evidente que políticos (de todos os partidos...

O eixo do carro de boi

Ainda sobre a eleição. Aconteceu outro fato inusitado que...

O Quinto Mandamento

Insistem em pedir que eu escancare minhas convergências com...

Assine o Boletim Eletrônico

Assinando, você receberá em seu e-mail notícias e artigos atualizados do site.

A página eletrônica do Senador Renan Calheiros é um espaço para divulgar ideias, posicionamentos e opiniões do parlamentar alagoano. O endereço eletrônico www.renancalheiros.com.br é atualizado pela assessoria de imprensa e agrega artigos, discursos, notícias, projetos, além de dados biográficos da carreira política do senador.

Contato

Senador Renan Calheiros
E-mail: [email protected]
Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Anexo I Ed. Principal 15º andar
BrasíliaDF - CEP 70.165-920
(61) 3303-2261 / (61) 3303-2263