SALÁRIOS CRESCEM EM PLENA CRISE

Mesmo na ante-sala de uma nova crise financeira mundial, a economia brasileira continua a mostrar sinais de vitalidade em um dos principais fundamentos: a  criação de postos de trabalho. A taxa de desemprego em agosto ficou em 6% nas seis regiões metropolitanas do Brasil pesquisadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 


Este nível de empregos, segundo Pesquisa Mensal de Emprego (PME) divulgada na última semana pelo Instituto, é o mesmo nível registrado em julho, mas o destaque é que se trata da menor taxa de desemprego estimada para um mês de agosto desde o início da pesquisa, que começou em 2002.
Outro dado extremamente relevante diz respeito ao crescimento da massa salarial. Segundo o IBGE, o rendimento médio real em agosto foi de R$ 1.629,40. Este é o maior valor de toda a pesquisa, iniciada em 2002. Em relação a julho, a alta registrada no rendimento foi de 0,5% (o valor do mês corrigido é R$ 1.620,82). Já na comparação com agosto de 2010 (R$ 1.579,54, em valores atualizados), a elevação é de 3,2%.
Em comparação a agosto de 2010, quando a taxa de desemprego foi de 6,7%, houve queda de 0,7 ponto percentual. A população desocupada (1,4 milhão de pessoas) ficou estável em relação ao mês anterior. Quando comparado com agosto do ano passado, registrou queda de 10,0%, o que significa que cerca de 160 mil pessoas deixaram a condição de desempregadas em um ano.
A população ocupada, em agosto de 2011 (22,6 milhões), não apresentou variação significativa frente a julho deste ano. Mas, no confronto com agosto do ano passado, verificou-se aumento de 2,2%, o que representou um acréscimo de 488 mil ocupados em 12 meses.
Esses números indicam que há sinais de melhoras no mercado de trabalho. A criação de emprego em três importantes setores da economia – indústria, construção e comércio – já mostram um certo aquecimento. A indústria abriu, em agosto, 40 mil vagas, um sinal de que as contratações para o fim do ano já estão ocorrendo. É sempre bom lembrar que o mercado interno salvou o Brasil da última grande crise.

 

Compartilhe este artigo

Artigos relacionados

O inacreditável acontece

Quando ficou evidente que políticos (de todos os partidos...

O eixo do carro de boi

Ainda sobre a eleição. Aconteceu outro fato inusitado que...

O Quinto Mandamento

Insistem em pedir que eu escancare minhas convergências com...

Bastidores da eleição

Continuo em Brasília. Só sexta-feira 21 estarei em Alagoas...

Assine o Boletim Eletrônico

Assinando, você receberá em seu e-mail notícias e artigos atualizados do site.

A página eletrônica do Senador Renan Calheiros é um espaço para divulgar ideias, posicionamentos e opiniões do parlamentar alagoano. O endereço eletrônico www.renancalheiros.com.br é atualizado pela assessoria de imprensa e agrega artigos, discursos, notícias, projetos, além de dados biográficos da carreira política do senador.

Contato

Senador Renan Calheiros
E-mail: [email protected]
Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Anexo I Ed. Principal 15º andar
BrasíliaDF - CEP 70.165-920
(61) 3303-2261 / (61) 3303-2263