OS PRÓXIMOS PASSOS

Nas próximas semanas, ainda com eleições em segundo turno, o Congresso irá retomar a rotina de votações. O esforço concentrado foi atípico porque deliberou sobre várias matérias. Votamos diversas medidas provisórias que ajudarão muito o Brasil nessa retomada de confiança dos agentes econômicos e também de outros setores da sociedade.

O Brasil acompanhou os trabalhos do Senado em meio ao processo de impeachment e sabe que não foi fácil a condução em meio às crises econômica e política. Naquele período, o Senado deu uma sobeja demonstração de maturidade e de responsabilidade com o País. Tivemos momentos de exacerbação, mas isso é do Parlamento.

Discutimos ideias e nem sempre convergimos. É natural que haja um ou outro desentendimento, mas o fundamental é que o Senado, apesar de tudo, está pacificado. Em razão de carência de número de deputados não conseguirmos avançar em alguns itens da pauta do Congresso Nacional, que serão retomados nos próximos dias.

Para acabar com a recorrente crise política é imperioso promovermos a reforma digna deste nome, que dê estabilidade e permita retomarmos o crescimento. Durante mais de 50 anos a nossa economia foi uma das que mais cresceu no mundo. A vocação do Brasil é o crescimento econômico. Nós precisamos desamarrar os pés da economia para deixá-la caminhar.

A reforma política será a primeira grande resposta que vamos dar, depois do primeiro turno da eleição. A sociedade cobra a diminuição da quantidade de partidos políticos que dificultam o quadro político-partidário como um todo. É sempre oportuno relembrar que o Senado fez uma reforma orgânica que, infelizmente, ficou paralisada na Câmara.

Agora há um quadro diferente, um convencimento quase que unânime de que essa reforma é inadiável. Precisamos avançar e votar a coligação na eleição proporcional, a fidelidade partidária, as modalidades de financiamento da eleição e as cláusulas de barreira. Sem aprimoramentos políticos não conquistaremos a estabilidade almejada.

Nós temos um amontoado de legendas no Congresso Nacional que dificulta a construção de uma maioria parlamentar. E sem maioria parlamentar vamos ter mais dificuldade na estabilização política. Sinto que hoje há uma convergência entre a sociedade e o Parlamento de que esta mudança não pode esperar mais.

Compartilhe este artigo

Artigos relacionados

Senador entrega retroescavadeiras para municípios alagoanos

Tive a alegria de entregar nesta segunda-feira (19), duas...

O inacreditável acontece

Quando ficou evidente que políticos (de todos os partidos...

O eixo do carro de boi

Ainda sobre a eleição. Aconteceu outro fato inusitado que...

O Quinto Mandamento

Insistem em pedir que eu escancare minhas convergências com...

Assine o Boletim Eletrônico

Assinando, você receberá em seu e-mail notícias e artigos atualizados do site.

A página eletrônica do Senador Renan Calheiros é um espaço para divulgar ideias, posicionamentos e opiniões do parlamentar alagoano. O endereço eletrônico www.renancalheiros.com.br é atualizado pela assessoria de imprensa e agrega artigos, discursos, notícias, projetos, além de dados biográficos da carreira política do senador.

Contato

Senador Renan Calheiros
E-mail: [email protected]
Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Anexo I Ed. Principal 15º andar
BrasíliaDF - CEP 70.165-920
(61) 3303-2261 / (61) 3303-2263